A história da nossa etiqueta



Observar uma criança brincando é sempre uma grande inspiração. Na minha casa, observo o meu filho. Sou fã de toda a sua criatividade.


Quer um exemplo? Se chega algo em caixa de papelão em casa, ele já toma posse e diz "que vai precisar" . Como uma verdadeira admiradora, espero para ver a grande obra nascer. Cola, tesoura, lápis de cor e fita adesiva em mãos, lá vai ele sem medo criar o seu objeto. Aliás, isso é algo que sempre devemos observar -e admirar!- nas crianças, elas não tem medo de errar. Horas depois surge um robô, um carro, uma parede com teia do homem aranha e por aí vai.


Sempre que pego algo para jogar fora escuto "ei mãe, eu vou fazer um boneco com essa caixa!" . Com essa visão ingênua, apurada e sempre pensando em outras soluções para objetos que sempre descartamos, me inspirei em meu filho para criar as etiquetas da Kim


Pensando em quanto a indústria têxtil polui o ambiente com todo o descarte de tecido, resolvi tomar uma atitude: usar as sobras de tecidos que utilizamos por aqui para confeccionar as etiquetas. Sempre podemos fazer algo para contribuir com o meio ambiente. Pense nisso!


Todas as etiquetas são confeccionadas uma a uma e claro, estampadas manualmente. Esse é mais um carinho nosso para você.



#produtos