Quarto montessoriano - o que preciso saber?


Quarto Montessoriano. Provavelmente você já ouviu alguém falar: "Pretendo retirar o berço do quarto e colocar um colchão no chão" ou "Não usarei um guarda roupa e sim cômoda para organizar as roupinhas do bebê". Mas o que seria um quarto montessoriano?


Em primeiro lugar, vale ressaltar que não se trata de um estilo de decoração e sim um método pedagógico criado pela médica e educadora Maria Montessori, que busca o aprendizado direto dando total autonomia para a criança explorar o espaço e conhecer o mundo através do seu olhar. Ao se aprofundar no assunto é possível perceber que a decoração do quarto do bebê é apenas uma consequência e há famílias que estendem essas adaptações para a casa inteira!


Um quarto montessoriano não tem berço ou cama. A criança rola no chão e assim começa a descobrir o mundo

As almofadas são usadas para evitar que a criança se machuque batendo a cabeça, por exemplo.

Espelhos, fotos e quadros ficam na altura dos olhos das crianças.

Um quarto montessoriano é minimalista e o objetivo é que a criança tenha mais concentração nas brincadeiras. Uma alternativa é o rodízio de brinquedos!

As crianças inseridas nesse método têm autonomia também para organiza-los. Assim elas conseguem encontrar mais facilmente os seus preferidos.

As principais dúvidas dos pais

Qual a melhor idade para iniciar esse método e finalmente montar um quarto montessoriano?


No método montessoriano, desde que nasce. Mas há pais também que preferem esperar até os 4 meses, já que o bebê está mais firme e a mãe já está bem recuperada do parto (caso tenha feito uma cesárea).


Esse método é perigoso?


O quarto montessoriano é planejado com a finalidade de entreter a criança de uma maneira bem segura. Objetos de tecidos, almofadas e móveis mais baixos fazem com que a criança tenha interesse em explorar apenas o seu espaço.


E quando as crianças estão maiores, esse método ainda funciona?


Crianças de 4, 5 ou 6 anos já são mais independentes e já saem de suas camas sozinhas. Uma dica é deixar as roupas e os livros em prateleiras mais baixas para que possam ter acesso mais fácil e fazer suas escolhas.


E o guarda roupa, onde fica?


Não tem! No método montessoriano utiliza-se armários baixos ou cômodas. Alguns pais colocam as roupas do bebê no próprio guarda-roupa. Caso já tenha um guarda roupa convencional, não tem problema, é possível deixar as gavetas e prateleiras com objetos que as crianças possam pegar.


A pedagogia montessori é muito rica! Vale a pena se aprofundar no assunto.




#quartomontessoriano